ARTIGO

Quando Jesus voltará?

A volta de Jesus é um evento que temos a nossa frente e pelo qual devemos esperar.

Muitas previsões sobre o fim do mundo vieram e se foram. Esses prenúncios são perturbadores e frequentemente amedrontam as pessoas. No entanto, a Bíblia Sagrada refere-se a uma época chamada de “o Dia do Senhor” quando Ele retornará. Vai acontecer, mas apenas Deus sabe o momento.

É um dia pelo qual os seguidores de Jesus Cristo podem aguardar ansiosamente. À luz deste tempo porvir, o apóstolo São Pedro nos diz como o cristão pode viver com um propósito jubiloso (2 Pd 3,10-18). Podemos olhar para o alto vivendo vidas que honrem a Cristo (v.11). Podemos olhar para o interior, esforçando-nos para estar em paz com Deus (v. 14). E podemos olhar para fora, estando alertas para não sermos levados pela influência errada de outros (v. 17).

Como fazemos isso? Crescendo “na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo…” (v.18). Quando crescemos em caráter, por meio de Sua Palavra escrita, começamos a nos relacionar mais de perto com Jesus, a Palavra Viva. O Espírito Santo toma a Palavra de Deus e guia-nos na maneira de viver.

Jesus-VoltaráO dia do Senhor não deveria ser um dia de pavor para os seguidores de Jesus. Nosso Rei voltará para acertar todas as coisas e para governar eternamente. Esperamos por este momento com grande expectativa. Esta é nossa “bendita esperança” (Tito 2,13).

Está profetizado que, quanto mais nos aproximarmos do fim dos tempos, mais as pessoas perderão a esperança de que a volta de Jesus pode acontecer. É um evento que temos a nossa frente e pelo qual devemos esperar a qualquer momento. Mas a verdade continua imutável, quer as pessoas a defendam ou não.

Muitas passagens bíblicas nos ensinam que devemos estar sempre preparados para a volta do Senhor. Leiamos apenas estes versículos:
“…a nossa salvação está, agora, mais perto do que quando no princípio cremos” (Rm 13,11).
“Vai alta à noite, e vem chegando o dia…” (Rm 13,12).
“Perto está o Senhor” (Fp 4,5).
“Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará” (Hb 10,37).
“…pois a vinda do Senhor está próxima” (Tg 5,8).
“eis que o juiz está ás portas” (Tg 5,9).
Ora, o fim de todas as coisas está próximo” (1 Pd 4,7).

Todos esses versículos parecem ter sido escritos para despertar em nós a convicção de que a vinda do Senhor Jesus é iminente. É um evento que temos a nossa frente e pelo qual devemos esperar. Nessa espera devemos ser diligentes na obra do Senhor e realizar fielmente nosso trabalho como mordomos seus.

O grande evangelista R. A. Torrey declarou: “A iminente volta do nosso Senhor é o grande argumento da Bíblia em favor de uma vida pura, abnegada, consagrada, afastada do mundo e ativa no serviço para Ele. Em muitas das nossas pregações instamos com as pessoas para que elas vivam uma vida santa e trabalhem diligentemente, porque a morte pode nos surpreender rapidamente, mas a Bíblia não argumenta dessa forma. Ela sempre diz apenas: Cristo voltará; estejam preparados para quando ele vier. Nossa responsabilidade está claramente delineada na Palavra de Deus. Nosso corpo deve estar cingido e nossas candeias acesas. Devemos ser como servos que esperam pelo seu Senhor”. (Qv. Lucas 12,35-36).

Padre Inácio José do Vale

Padre Inácio José do Vale é professor de História da Igreja no Instituto de Teologia Bento XVI (Cachoeira Paulista). Também é sociólogo em Ciência da Religião.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!